BG_Seção1.png
  • Terraw Embalagens

Economia linear x Economia circular



A maneira como produzimos e consumimos causa enormes impactos ambientais. Infelizmente, nos demos conta disso há pouco tempo e muitas consequências geradas por nossos sistema econômico atual são difíceis de serem revertidas. Há, porém, novos sistemas, como a Economia circular, que tentam mudar a lógica e regenerar sistemas deteriorados como o nosso.


Em primeiro lugar, para entender o que é Economia circular, precisamos entender o que é economia linear, modelo utilizado hoje na maioria dos produtos e serviços.


Em poucas palavras, a economia linear é uma linha reta, onde começamos extraindo a matéria-prima da natureza, produzimos algo com ela, distribuímos, vendemos e, no final, descartamos. Foi dessa maneira que a maioria das empresas e dos países cresceu nas últimas décadas.


O problema é que deixamos de fora dessa equação uma coisa muito importante: nosso planeta. No momento em que extraímos matéria-prima de fontes finitas (não renováveis), produzimos gerando poluição e descartamos os produtos depois do uso sem pensar nas consequências, geramos grandes problemas, como:


  1. A escassez de matérias-primas;

  2. Poluição do ar e aquecimento global

  3. Impacto ambiental causado pelo acúmulo de resíduos.


É aí que entra a Economia Circular. Pensando em como resolver esse problema, foi criado um novo sistema, onde, em vez de descartarmos o produto no final da linha, completamos seu ciclo, fazendo com que ele volte para o processo produtivo.


Entendendo a economia circular


A economia circular tem esse nome porque justamente faz com que cada produto faça uma volta depois de ser utilizado e sirva de insumo para um novo ciclo.


Isso se dá de duas maneiras diferentes: ciclos técnicos ou ciclos biológicos.


Ciclos biológicos


Fazem parte do ciclos biológicos todos aqueles produtos de base biológica (alimentos, algodão, madeira, etc.). Esses produtos podem servir como insumo de um novo ciclo através da compostagem, por exemplo.


Ciclos técnicos


Já dos ciclos técnicos, fazem parte aqueles materiais que não são biodegradáveis rapidamente e que precisam ser reutilizados, reparados ou reciclados para iniciarem um novo ciclo.



Fonte: Ellen MacArthur Foundation


Resumindo, a Economia circular é um conceito que cria um novo modelo estrutural para o reaproveitamento de materiais, fazendo com o que antes seria resíduo se torne insumo de um novo ciclo. Porém, o conceito não se limita a esse princípio.


Os 3 princípios da Economia Circular


A economia circular possui três princípios que são a base de seu pensamento:


  1. Eliminar resíduos e poluição desde o princípio

  2. Manter produtos e materiais em uso

  3. Regenerar sistemas naturais


Fonte: Ellen MacArthur Foundation


Pode-se perceber, portanto, que a Economia circular não é apenas sobre reciclar ou reutilizar um material, mas algo muito mais profundo do que isso. É sobre repensar o design dos produtos e serviços. É sobre começar um projeto do zero, sem conceitos pré-estabelecidos. É inovar. É pensar diferente, de um modo que possamos recriar nosso sistema econômico, incluindo a natureza na equação.


Por fim, pode-se considerar que a Economia Circular busca redefinir a noção de crescimento, com foco em benefícios para toda a sociedade. Acreditamos muito que esse conceito pode ser uma solução para resolvermos parte dos problemas que nossos atual sistema econômico gera e pode mudar a maneira que produzimos, consumimos e vivemos.


Todas as informações sobre Economia circular deste artigo estão no site da Ellen MacArthur Foundation, fundação estabelecida em 2010 com a missão de acelerar a transição rumo a uma economia circular. Para mais informações sobre o conceito, não deixe de acessar o site da fundação.

135 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
BG_Seção5.png

Novidades Terraw!

Para receber um aviso sempre que postarmos novos conteúdos, deixe seu contato com a gente :)

Obrigado pelo envio!